A qualquer momento uma das Comissões de vereadores pode votar o Projeto de Lei que irá implantar bicicletários nas escolas do Rio de Janeiro para nossos estudantes! Pressione e ajude a construção de um melhor acesso à escola!




O acesso à transporte é um direito constitucional, que deve ser garantido a todos os cidadãos. Se observamos este cenário aqui no Brasil, infelizmente não podemos confirmar que isso acontece de maneira eficiente, muito menos que chegue a todos, assim como enfrentamos diversos problemas socioeconômicos relacionados à superlotação de transportes. No fim, nós, habitantes da cidade, pelejamos todos os dias para ir à escola, ao trabalho ou voltar para casa. Dito isso, queremos democratizar o acesso ao uso de bicicletas também como transporte!

Por isso criamos a campanha Pedalando para o futuro! Para incentivar o uso dessa opção de locomoção na cidade, vamos propor a instalação de bicicletários em escolas de qualquer nível de ensino, considerando que estudantes podem querer utilizar esse meio como alternativa e ainda não o fazem. Como vamos fazer isso? Com a sua ajuda e participação! Primeiramente, iremos fazer pedidos através de e-mails em massa e abaixo assinados, para obter visibilidade com essa ideia legislativa! Pretendemos pressionar os secretários das comissões que estão votando o Pl 724/2021, que visa a implementação dos bicicletários nas escolas do Rj. Bora garantir os bicicletários para os estudantes cariocas!

As bikes, que poderiam ser uma alternativa de curta ou longa distância tornam-se inviáveis atualmente, pois os bicicletários em nossa cidade são praticamente inexistentes! Contamos com uma rede de interligação entre todos os transportes e nem mesmo 1/3 das estações disponibilizam bicicletários e/ou preservam o uso do mesmo. Os bicicletários nos colégios são uma forma de efetivar o uso desse modal como transporte. Mesmo o Rio de Janeiro sendo a sétima cidade com mais ciclistas do mundo, a magrela continua esquecida!

Nossa cidade possui uma grande rede de utilização de bicicletas, porém faz mau uso! Incentivar políticas públicas que garantam a utilização dela é primordial para uma melhor organização do tráfego nas cidades, visto que as bicicletas ocupam muito menos espaço nas estradas. Fora isso, a bicicleta não emite gases nocivos no ar, ajuda a construir um estilo de vida mais saudável, ativo e sustentável! Ela também é um tipo de transporte mais econômico, já que os custos de obtenção e manutenção são menores em relação a outros tipos de transporte.

E aí, quer transformar o mundo com a gente?







Abner, Beatriz, Júlia, Kamilly, Larissa, Maria Luiza e Maxxi: esses são os jovens cariocas por trás da campanha Pedalando para o Futuro. Essa campanha foi criada a partir de um projeto chamado Geração Que Move, da ONG NOSSAS com o UNICEF, onde tinha como objetivo incentivar jovens a desenvolverem campanhas em prol da mobilidade urbana. Analisando as problemáticas que o pedestre enfrenta dia a dia, o grupo olhou para seu meio de convívio, o estudantil, e montou essa campanha para melhorar a ida à escola de outros estudantes como eles.










Essa campanha foi criada por adolescentes e jovens que participaram do Geração Que Move. O projeto é uma parceria do NOSSAS e UNICEF que tem o objetivo de engajar adolescentes e jovens a impactarem a Agenda da Mobilidade Urbana de suas cidades.